Engajada em desenvolver diversas ações de prevenção e enfrentamento ao Coronavírus (Covid-19), a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) lançou nesta quinta-feira (30), mais um canal de assistência à população. O Call Center oferece serviços de atendimentos com médicos, Enfermeiros e Psicólogos para a população por meio do Chatbot ¿ disponível no aplicativo SASI.

Ao todo, 96 profissionais da saúde, entre médicos, enfermeiros e psicólogos estarão à disposição da população diariamente, das 7h às 19h, pelo Call Center Saúde da UEA para Teleconsultas com a finalidade de esclarecer e orientar os usuários sobre as medidas que devem ser adotadas nesse período de pandemia da COVID-19. O acesso ao novo serviço é feito por meio do aplicativo do SASI, que automaticamente direcionará o usuário para a área específica de acordo com o relato do paciente.

“Todos os casos envolvendo sintomas ou sinais de COVID-19 serão encaminhados para o canal de áreas específicas formada por Médicos e Enfermeiros. Esse serviço vem para somar esforços com as ações que já estão sendo executadas pela UEA. É mais uma oportunidade que a população tem de falar diretamente com os profissionais sem precisar ir a uma unidade de saúde e, assim, evitar a exposição e o contato com o vírus”, disse a coordenadora do call center, Dra Elielza Guerreiro.

Já a coordenadora da Comissão de Saúde Mental da UEA, Dra Sônia Lemos, explica que a ideia neste momento é promover uma resolutividade para as questões mais pontuais relacionadas ao cenário de enfrentamento a Covid-19, como a ansiedade e a tristeza.

“A ideia não é fazer uma triagem para serviços ou encaminhar o paciente para uma unidade de saúde. A ideia é resolver a situação de imediato pelo call center. No canal de acolhimento psicológico, auxiliamos as pessoas a trabalharem melhor suas emoções e seus sentimentos para que possam aprender a lidar com as situações recorrentes dessa pandemia”, esclareceu Sônia.

Novidade

Entre as novas ações da UEA está o atendimento remoto, que acontece a partir do dia 01 de maio de 2020, das 19h às 23 horas. Elielza Guerreiro salientou a necessidade da implantação deste serviço devido a grande procura por atendimento pelo Chatbot no período noturno.

“O atendimento remoto está sendo feito por médicos e Enfermeiros que não podem estar nas unidades de saúde por serem dos grupos de risco. Assim que o atendimento é finalizado na base do Chatbot, eles entram no sistema para dar continuidade ao serviço. Tivemos a sensibilidade de perceber que a população ficava sem a cobertura do serviço no periodo noturno e decidimos lançar essa modalidade”, finalizou a coordenadora.

O Chatbot está disponível no aplicativo SASI nas plataformas Android e iOS para download.

Texto: Gerson Freitas/ASCOM UEA
Foto: Joelma Sanmelo


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *