Após o retorno das atividades administrativas e não presenciais, a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) encerra nesta segunda-feira (3) o serviço de Acolhimento Psicológico, que surgiu para atender a uma demanda decorrente do aumento dos casos de Covid-19 e o impacto na saúde mental.

O serviço iniciou com a participação de psicólogos professores da Universidade e psicólogos voluntários provenientes da Rede de Emergência em Saúde Mental do Estado do Amazonas COVID-19, formada pela UEA, Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz Amazônia), Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam), Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Conselho Regional de Psicologia – 20ª Região (CRP 20) e Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

A atenção em saúde mental continua sendo um dos grandes desafios dos impactos causados pela pandemia. Desta forma, a UEA continua compondo a Rede de Emergência em Saúde Mental do Amazonas COVID-19 e atenta aos desdobramentos necessários de futuras intervenções.

Categorias: comunicado

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *